Central de Atendimento

(51) 3228 2318

Papanicolau: antigo, mas atual e eficaz

O exame do HPV - Papanicolau - é fundamental na detecção do câncer de colo de útero. Mas é preciso ressaltar a importância de fazer o exame com regularidade, pois só assim é possível detectar a doença precocemente, aumentando muito as chances de cura e o sucesso do tratamento.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda uma cobertura da população-alvo de, no mínimo, 80% para reduzir a incidência do câncer de colo de útero. Por isso, é vital que mulheres estejam conscientizadas de que precisam fazer o exame de Papanicolau anualmente.

Se este percentual fosse atingido, as chances de reduzir o câncer no colo do útero no país seriam de 60% a 90%. Visando a prevenção, desde 2014, o Ministério da Saúde oferece gratuitamente a vacina quadrivalente contra o HPV para meninas de 11 a 13 anos.

O câncer no colo do útero é o terceiro tumor mais frequente na população feminina, atrás apenas do câncer de mama e do colorretal, e é a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil. Em 2016, mais de 16 mil pessoas foram diagnosticadas com a doença no Brasil. Mais de 90% dos casos de câncer de colo do útero estão ligados ao HPV.

O Ministério da Saúde recomenda o rastreio do câncer de colo do útero em mulheres dos 25 aos 64 anos. Para que o exame seja bem-feito, não se deve ter relações sexuais na véspera do exame.

Please publish modules in offcanvas position.