Central de Atendimento

(51) 3228 2318

Quando o mioma passa a ser um problema

Quase metade das mulheres desenvolvem miomas até os 50 anos de idade. Já a partir da menopausa, eles tendem a diminuir de tamanho. Considerados tumores benignos, os miomas não costumam causar problemas graves. Mas quais são as saídas quando se transformam em algo mais sério?

Sangramento excessivo, anemia, atraso no ciclo menstrual, cólicas intensas e até infertilidade são problemas que podem surgir, provocados pelos miomas, e que vão requerer tratamento.

Embora exista tratamento medicamentosos, há casos e que a indicação é a embolização, técnica recomendada quando há risco de perda do útero na retirada de mioma por cirurgia.

A embolização é uma cirurgia relativamente simples, que não costuma oferecer grandes riscos, mas deve ser feita com critério e somente após uma investigação completa pelo profissional médico de que é a melhor opção de tratamento.

A embolização utiliza esferas de plástico mínimas introduzidas no útero através de um cateter para obstruir a irrigação dos miomas, reduzindo ou impedindo o seu desenvolvimento, já que os tumores são alimentados por sangue e o procedimento corta esse suprimento.

Please publish modules in offcanvas position.